Dr. Cássio dos Santos Tomaim

Narrativas das memórias e identidades do Brasil e América Latina: culturas do passado-presente nas mídias e nas artes (em andamento desde 2015)

Descrição: este projeto propõe compreender os aspectos estéticos e narrativos das produções culturais e artísticas do Brasil e da América Latina que atravessam os séculos XX e XXI, no que diz respeito aos usos do passado na construção de projetos políticos de memória, sejam estes locais, regionais, nacionais ou transnacionais. Memória e Identidade são conceitos aqui entendidos como indissociáveis, o que nos leva a pensar sobre as constituições de narrativas de grupos ou de indivíduos que encontram em diversos dispositivos maneiras de produzir uma memória cultural de suas experiências do e com o passado histórico. Procura congregar pesquisas que contribuam para o entendimento do lugar das mídias e das artes na constituição de uma “cultura da memória” que tem nas histórias traumáticas e nos discursos da vitimação uma matriz sensível. Não nos interessa apenas as narrativas das memórias traumáticas, mas toda forma de discurso que articule uma “vontade política de memória” por uma “justiça” do presente para com o passado. A partir de pesquisa documental e bibliográfica, análise fílmica e outros métodos a serem definidos de acordo com as delimitações de temas, objetos e problematizações dos subprojetos, procurar-se-á o entendimento das potências das narrativas da memória na consolidação de identidades culturais, tendo a perspectiva de que em uma sociedade pautada pelo efêmero as “mídias de memória” executam concomitantemente processos de memória e de esquecimento. Tem-se como fundamentos teóricos para as análises, especialmente as discussões propostas por Andreas Huyssen, Aleida Assmann, Walter Benjamin, Stuart Hall, Manuel Castells, Joël Candau e Homi K Bhabha.


 Links Importantes

 

capes 72012 RGB

 

CNPq logo

 

Animus

 

compos

 

intercom

 

 logo sbpjor

 

abrapcorp

 

 abp2