Dr.ª Maria Lília Dias de Castro

A utilização estratégica da função promocional na televisão comercial brasileira (em andamento desde 2013)

Descrição: o presente projeto tem por objetivo dar continuidade à reflexão que vem sendo desenvolvida pela pesquisadora em torno da promocionalidade, para agora alargar o âmbito de discussão do fenômeno, com vistas a conferir-lhe maior abrangência; examinar a repercussão que a função promocional acarreta ao funcionamento da emissora e a relação que contrai com as noções de gênero, subgênero e formato; propor o alargamento teórico da abordagem, com o propósito de incorporar os aportes bakhtinianos à semiótica greimasiana; sugerir, pelo conjunto de suas regras, o redimensionamento da gramática do promocional; identificar e delimitar as diferentes formas de manifestação dessa produção, de caráter promocional, em televisão. De natureza bastante heterogênea, essas formas de manifestação compreendem todos aqueles espaços veiculados pela emissora, no interior de sua programação, voltados para o promocional, incluindo desde os espaços intervalares para anunciantes externos, as chamadas publicitárias aos produtos da emissora, as formas de marketing social e político, o merchandising comercial e social, até aqueles de caráter socioeducativo presentes na grade de programação, bem como as ações socioinstitucionais comandadas pela emissora. Cabe ressaltar que, se antes a promocionalidade ficava mais restrita aos espaços intervalares de uma emissora, hoje vem-se imiscuindo gradativamente no interior da programação, extrapolando limites e impregnando a produção televisual como um todo. Nesse sentido, o reconhecimento dessa produção promocional televisual acarreta não só uma ruptura com as fronteiras dos espaços, tradicionalmente dedicados a esse tipo de discurso, como a adoção de diferentes estratégias para sua veiculação, muitas delas encravadas no interior de outros programas e produtos televisuais. Frente à multiplicidade de configurações, formatos e estratégias que essa produção vem utilizando, faz-se necessária uma análise não só das estratégias discursivas mais comumente empregadas em sua expressão, como de toda uma política de ação de marketing que confere à promocionalidade o estatuto de um verdadeiro gênero televisual. Nessa perspectiva, o projeto que se submete à apreciação tem por finalidade o exame desses movimentos que envolvem a promocionalidade, com vistas à melhor compreensão e sistematização desse fenômeno no âmbito da produção televisual.


 Links Importantes

 

capes 72012 RGB

 

CNPq logo

 

Animus

 

compos

 

intercom

 

 logo sbpjor

 

abrapcorp

 

 abp2